Crescer (fundo transparente)_Negativo_pn
  • Fábio Uebel

Como consegui meu estágio técnico? E dicas para currículo

Atualizado: 9 de mai.

Primeiramente informamos que este blog é baseado em opiniões pessoais, e com foco em te ajudar a melhorar seu currículo para se inserir no mercado de trabalho técnico, sendo a primeira oportunidade de estágio/emprego ou mesmo recolocar-se nas melhores vagas ofertadas pelo mercado,

Quem vos fala?

Sou o Fábio Cesar Uebel, diretor comercial e marketing da Crescer Indústria de Automação, Técnico em Automação Industrial e Técnico em Eletromecânica.

Por já ter passado pela experiência de ser aluno de curso técnico, sei o quão difícil é buscar e encontrar a primeira oportunidade na área em que estudamos. Ao concluir meus 2 cursos técnicos no final de 2016, enviei o currículo para mais de 100 empresas, até ligava para elas confirmando o recebimento do currículo, ainda entreguei pessoalmente em algumas e com isso, foram necessários 4 meses para conseguir esta primeira oportunidade, e garanto para vocês, depois desta chance, as coisas facilitam bastante e vai por mim, o mercado/empresas PRECISAM de você. Vem comigo neste artigo e vamos ver algumas dicas que podem melhorar alguns aspectos do teu currículo.


Nos últimos anos, venho atuando com admissões, recebendo currículos, realizando conversas/entrevistas. Além de estar apoiando os estagiários da Crescer Indústria de Automação, e um detalhe, todos concluem seus contratos conosco e:

1 - Conseguem vagas nas melhores empresas do setor

2 - Tornam-se empreendedores, Microempreendedores Individuais prestando serviços na área que estudaram e se interessam.


O currículo que vou usar para contextualizar vai ser o que enviei para as empresas quando concluí o curso técnico, a fim de aproximar ainda mais da realidade de quem está nesta situação, entendo que você possa estar em várias fases da sua carreira, desde nunca ter trabalhado até estar buscando novas oportunidades. Avalie e tire ideias de melhorias ou novas dicas para a sua realidade, já começamos com um aprendizado: NÃO existe receita pronta, vamos evoluindo em conjunto.

Me coloco a disposição para fazermos uma vídeo chamada e conversarmos de maneira mais próxima, pensando em entender as individualidades de cada situação, mas para isso, terá que me enviar seu currículo com base nos passo a passos descritos abaixo.

Também estou 100% aberto a receber ideias e sugestões de melhorias.


Avalie-nos no google para que possamos alcançar e auxiliar cada vez mais pessoas a fazerem seus projetos e produtos! Contamos com você!



Vamos lá. Com este passo a passo, tenho certeza de que melhorará seu currículo ao final desta leitura.


Passo a Passo:

1 - Exemplo real da busca pela primeira oportunidade.

2 - Modelo e layout do Currículo.

3 - Estruturas principais

4 - Desafio Crescer.


Ao longo dos 3 passos, vou dando dicas de como eu faria diferente hoje.


1 - EXEMPLO REAL DA BUSCA PELA PRIMEIRA OPORTUNIDADE

Trazendo o exemplo de como eu enviei currículos após minha formação. Vou citar os erros e acertos que 5 anos e 4 meses depois eu consigo visualizar.


Meu currículo no final de 2016:

ACERTOS:

- Objetivo direto

- Apesar de não ter experiência, pontuou habilidades técnicas e comportamentais.

- Layout "limpo";

- Formatação completa;

- Escrita correta;


ERROS/POSSÍVEIS MELHORIAS:

- Visualmente faltou uma linha abaixo do título "Informações Adicionais".

- Poderia ter falado do meu TCCT - Trabalho de conclusão de curso (que poderia ser uma experiência técnica atrativa aos recrutadores).


Mas eu tenho experiência profissional, como faço?

Caso você já tenha alguma experiência profissional, crie um novo Título, e descreva sua função, indico no modelo abaixo:



Tem profissionais que indicam colocar somente experiência que tem relação com a área de atuação técnica ou a almejada.

Na minha opinião todas as experiências profissionais são válidas, podendo mostrar algum nível maior de amadurecimento do candidato.

Ficou na dúvida se coloca ou não tua experiência profissional?

Minha sugestão é TESTAR, cria duas versões de currículo, envia 10 de cada e veja qual te resultou em mais entrevistas ou interesse dos entrevistadores.

Tá ok, mas só ter um currículo também não emprega ninguém, ele tem que ser enviado para as empresas na qual tu te interessas ou possuem vagas abertas. Falarei agora um pouco do COMO eu enviava o meu currículo e pontuarei acertos e erros/melhorias.



E-mail enviado para as empresas, muitas delas eu havia pesquisado no google por: "empresas de automação em Novo Hamburgo", "empresas de eletromecânica São em Leopoldo", me recordo destes títulos:

ACERTOS:

- Nome no arquivo;

- Texto de apresentação;


ERROS/POSSÍVEIS MELHORIAS:

- Envio do arquivo em Word(.docx), o correto é o envio em .pdf.

- Hoje, sugeriria testar alguns tipos de mensagens de apresentação, comentando talvez do meu TCCT (Trabalho de conclusão), ou mesmo de alguma experiência no período da escola que possa fazer sentido para a vaga.

- Falar mais vezes meu nome no texto. Exemplo: "Boa tarde, sou o Fábio Uebel." No final do texto um: "Atenciosamente, Fábio Uebel."


Como faria hoje?

Lembrando que isso é uma sugestão padrão e sem muito contexto. Se tu tens alguma empresa idealizada, cria um texto dedicado, faça um link com o que você desenvolveu no curso com o que a empresa faz. Novamente, não existe regra pronta, minha indicação sempre vai ser TESTAR.

Voltamos agora ao passo a passo do artigo:


Passo a Passo:

2 - Modelo e layout do Currículo.

3 - Estruturas principais

4 - Detalhamento

5 - Dicas e sugestões


2 - MODELO E LAYOUT DO CURRÍCULO



Deixarei aqui disponível para download, 2 opções de layout que me chamam atenção e acredito que possam chamar de outros recrutadores / empresas.


Modelo Currículo do EXEMPLO acima:


Modelo Currículo opção 2 - Canva:



Lembre-se sempre de revisar, peça para outra pessoa também fazer uma revisão para que tu possas ter tudo certo, bem escrito, sem erros de digitação ou pontuação. ATENTE-SE aos DETALHES.


3 - ESTRUTURAS PRINCIPAIS

As estruturas principais de um currículo são estes títulos que você encontra nos modelos:


- Cabeçalho com dados pessoais

- Objetivo

- Formação

- Experiência profissional

- Qualificações e informações adicionais

- Habilidades técnicas e comportamentais (pesquise por hard skills e soft skills).


Descreva com atenção estes campos e SE VENDA, afinal, o currículo é isto, a vitrine de você mesmo.


4 - DESAFIO CRESCER


Para implementar de maneira prática as dicas e ideias acima compartilhadas, envie seu novo currículo para mim, no e-mail comercial@crescerengenharia.com com o título Vaga Blog e simule que seja uma vaga do seu interesse. Vamos praticar!


Comente se este conteúdo tem valor, que na sequência faremos mais sobre este tema: Empregabilidade Técnica.


Siga as dicas que foram dadas ao longo do item 1 e espero que possa ter somado a sua jornada. Bom trabalho!


Linkedin do Autor: Fábio Uebel


281 visualizações

Posts recentes

Ver tudo